Forças Amadas

foto 5 (2)

FORÇAS AMADAS é um coletivo de palhaços que desenvolve uma pesquisa continuada sobre a atuação do palhaço na sociedade e sua potência como transformador da realidade. Uma pesquisa no palhaço que acontece para além da cena, o palhaço enquanto função social, enquanto aquele ser humano que se relaciona com a vida relativizando o que está cristalizado, afirmando as diferenças, abraçando o ridículo e celebrando a alegria e a liberdade.

foto 2

O trabalho é baseado principalmente na relação, na criação de vínculos de confiança, na escuta e na conexão com a comunidade.

DSC01886

 

 

FORÇAS AMADAS nasceu em 2011, quando os palhaços paulistas receberam a notícia da tragédia que havia acontecido na região serrana do Rio de Janeiro após as chuvas de verão. Munidos da certeza de que nenhuma realidade está dada, mas sim submetida à possibilidade de intervenção, foram convocados por si mesmos a se a(r)marem e irem a “guerra”.Especialistas em conversar com pessoas, fazer serenatas pela manhã e mágicas em qualquer hora do dia, os palhaços agregavam arte ao cotidiano trazendo poesia, música e humor e resgatavam o mais humano das relações, fortalecendo vínculos e relações de confiança. A missão foi um sucesso. Durante dois meses o grupo de palhaços junto com a comunidade reconstruiu jardins, estradas, promoveu uma sessão de cinema, um sarau com artistas da região e mobilizou a comunidade para que juntos reconstruíssem os vínculos e transfomassem o feio no bonito, o triste no alegre, o fraco no forte.

 

156578_4782650528206_1880323500_n

 

No segundo semestre de 2011 os palhaços foram convocados a viajar para Pardinho, interior de São Paulo. Agora a missão era aproximar a comunidade de um centro cultural que havia na região. O centro cultural tinha todos os recursos mas era pouco utilizado. Após dois meses de trabalho, um grande cortejo reunindo centenas de pessoas aconteceu na cidade e abraçou o centro cultural. Católicos e evangélicos, as duas escolas de samba rivais, senhoras e crianças, todos juntos no cortejo celebrando a arte e a cultura da cidade.

 

312120_105106296267658_887695099_n

 

Em 2012 e 2013 o Forças Amadas participou do projeto Ônibus-Biblioteca da Secretaria Municipal da Cultura de São Paulo. Os palhaços conheceram todas as beiradinhas de São Paulo, do extremo leste ao extremo sul. Incentivando a leitura, os palhaços contavam histórias, faziam serenatas e aproximavam pessoas.

 

Forças Amadas (12)

 

UM JOGO MUITO DEMOCRÁTICO, TODO MUNDO É IGUAL A TODO MUNDO!

O nariz vermelho é a menor máscara do mundo porque oculta um nariz e revela um ser humano, ridículo como todo ser humano. Quando rimos de um palhaço estamos rindo de nós mesmos. A forma simples e sincera com que o palhaço se relaciona com a plateia conduz as pessoas ao jogo. Este estado de liberdade é a porta de entrada para os diálogos.  Assim, preparados para lidar com as adversidades do mundo e prontos para improvisar o palhaço instaura um ambiente mais humano na rua, num palco, numa praça ou num ônibus.

forças noiva (2)

COMO NO AMOR, A GENTE COMBINA, A GENTE SE ADAPTA

Palhaços que saem da casa sem saber o que vão encontrar, apenas dispostos a compor. A compor com lugares diferentes, faixas etárias diferentes, públicos diferentes, desejos diferentes. É tudo improvisado. Os palhaços se relacionam com o aqui e agora e extraem músicas, histórias e poesias do presente. Eles não combinam nada de antemão, o que eles combinam é que vão combinar com qualquer lugar, coisas ou pessoas que encontrarem.

DSC01917

O EFEITO DOMINÓ

O trabalho é sempre um disparador. A idéia é fortalecer o outro para que ele continue fazendo seu caminho. Como um dominó os palhaços são a primeira peça, a peça que cai e dá o empurrão inicial. Depois daí, um cai no outro, que cai no outro, que cai no outro… como uma rede. Os palhaços se relacionam com as “lideranças locais”, lideres comunitários, donos dos botecos e agregam todos ao jogo com a certeza de que de alguma forma o trabalho vai continuar por ali depois que eles forem embora.

100_6615

AÇÕES DE GRANDE ALCANCE

 A criatividade é inerente a todo ser humano.  Ao participar de um encontro com um palhaço tudo o que está cristalizado fica relativo, pois ele desafia a evidência dos fatos. Palhaço e plateia atuam no presente e compartilham o momento da criação. Esta experiência encanta e aproxima o público da linguagem cênica contribuindo não só para a formação de um público para as artes mas também para a possível formação de novos artistas, afinal artistas e criadores, somos os todos.

Facebook  página: Forças Amadas

Projetos em Andamento:

Efeito Dominó – junto à Secretaria Municipal da Cultura – Julho e Agosto no Jardim Damasceno

Setembro e Outubro na Cidade Tiradentes

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s